5 produtos que não podem faltar no comércio de alimentos

Dezembro 4, 2018 Trabalho 0 Comments

Interessado em abrir um comércio de alimentos?

Sem dúvida é uma decisão acertada, é um setor que pode sentir diretamente o impacto de crises econômicas e até dos combustíveis impactando os custos, mas é uma das atividades essenciais do ser humano – alimentar-se.

Evidentemente as condições de sucesso não se resumem a oferecer produtos frescos com um bom preço, existe muito mais a desenvolver para atrair clientes e ter um bom resultado.

E uma das coisas que os empreendedores deste setor muitas vezes não dão a devida atenção são o que podemos chamar de itens de logística para um comércio de alimentos.

Aqueles itens quase invisíveis aos olhos de clientes e atendentes, mas que são fundamentais para o funcionamento eficiente de um comércio de alimentos – e a falta deles pode representar clientes perdidos, queda de vendas e decisões erradas por falta de controle do negócio.

Vamos falar de x produtos que não podem faltar no comércio de alimentos.

01 – Software de Gestão

Sim, começamos por quem faz a diferença em todos os segmentos: a tecnologia.

Administrar um comércio de alimentos, mesmo pequeno, no caderninho ou na planilha é uma ótima oportunidade de perder espaço pra concorrência, mesmo que ela também faça desta forma. Mas o caderno ela pode ser melhor.

Nenhum negócio pode abrir mão de um sistema onde tudo possa ser visto em poucos cliques. Especialmente o Caixa, onde a agilidade é fundamental. Existem soluções para todos os tamanhos de negócio.

Dica: não compre uma solução com funcionalidades que não prevê usar. Ao invés disso, invista naqueles que tem muitos recursos no Caixa e nos Estoques e alguma funcionalidade para gerir as Entregas.

02 – Serviço de Entrega

Este item tornou-se obrigatório para comércios de alimentos de todos os tamanhos. Os consumidores querem mais comodidade e pessoas idosas não tem condições de fazer grandes compras.

O serviço pode ser dimensionado conforme o perfil dos clientes e você pode ir gradativamente expandindo – número de veículos, região de entrega.

Dica: invista no bom atendimento dos entregadores, que sempre é um diferencial para quem recebe seu funcionário em casa.

03 – Cartões de crédito e débito e parcelamento

Por menor que seja seu comércio, e por mais que as taxas das administradores incomodem, não vender por cartões de crédito e débito é perder muitos clientes. Por segurança e praticidade, o dinheiro de plástico é a forma mais usada e mais um item obrigatório do que um diferencial.

Dica: faça uma pesquisa detalhada de todas as opções existentes para buscar a que tiver menos taxa de administração e comissão de vendas, mas com um equipamento moderno e que aceite todas as formas eletrônicas de venda.

O parcelamento é um bom diferencial e que poucos praticam, mas pode ser uma alternativa dependendo do tipo de produto e da região – comércios de importados e bebidas se beneficiam mais. Importante ver as condições da administradora e estipular um valor mínimo.

04 – Espaço de escritório

Este é um item pouco valorizado mas fundamental para uma gestão eficiente. Você precisará de um local equipado para tomar diversas decisões, receber fornecedores, reunir com funcionários e administrar o negócio no sistema de gestão.

Pode ser basicamente uma mês, cadeira, computador e telefone, mas o suficiente para dar o ar profissional ao seu negócio. E receber pessoas e resolver problemas em um dos balcões não é nada confortável.

05 – Estoque de Utensílios

São os itens fundamentais para a operação girar com eficiência e muitas vezes passam invisíveis – mas geram críticas quando estão em falta.

Sacolas plásticas, cestas, carrinhos, pequenas balanças para clientes, expositores que ficam próximos dos caixas são alguns destes itens. A bobina plástica é uma economia indispensável para quem trabalha nessa área.

É importante sempre investir neles, pela economia e pela dinâmica que eles dão ao autoatendimento dos clientes e a finalização das vendas nos caixas.